TRE começa treinamento para transmissão de votos nas eleições

Voluntários e convocados participam de capacitação em Belém.
TRE diz que sistema é rápido e seguro.



Técnicos que vão trabalhar na transmissão de dados nas eleições 2014 no Pará participaram de treinamento nesta quinta-feira (25) em Belém. Cerca de 80 pessoas, entre voluntários e convocados, aprendem como será o envio dos votos dos eleitores das urnas para o local da apuração.

O servidor público Francisco Paiva tem 54 anos e trabalha há 14 nas eleições. Ele lembra de quando os votos ainda eram contatos em cédulas de papel, e conta que a urna eletrônica é um grande avanço para quem trabalha nas eleições. "quando eu trabalhava era em disquete, que com certeza dava problema. Tínhamos que fazer a recuperação de dados, mas hoje em dia é com USB, com certeza mais tranquilo", relata.80 técnicos começaram a receber treinamento.

Segundo Reinaldo Gil, chefe de seção do TRE, além de prático o sistema também é seguro. “Os votos já saem das urnas assinados digitalmente. Esse é o grande ponto de segurança”.

O Pará terá 414 pontos de transmissão nestas eleições. O envio de dados tecnologia pode ser por internet de escolas públicas ou em redes de satélites. “É necessário especialmente para as áreas mais remotas, tipo o arquipélago do Marajó, o baixo amazonas e o sul do Pará que tem grande complexidade logística e são de difícil acesso”, explica o secretário de informação do TRE, Felipe Houat.

Postagens mais visitadas deste blog

Mensagens para dia da Mulher - 8 de março