Na Mata Norte, Armando quer ampliar escolas técnicas, recuperar estradas e construir centros de imagem | BomJardimPE.com

0


Em seu giro pela Mata Norte neste sábado (20), o candidato a governador Armando Monteiro (PTB) garantiu que vai levar uma série de investimentos para que a região resgate o protagonismo na economia do Estado. O anúncio foi feito após realizar carreatas e comícios nas cidades de Ferreiros, Timbaúba, Aliança e Paudalho. Os atos chamaram a atenção da população, que foram às ruas cumprimentar a coligação Pernambuco Vai Mais Longe. O petebista convocou a população para fazer um gesto de reflexão e votar consciente no dia 5 de outubro.

Em Ferreiros, Armando Monteiro prometeu dar atenção especial às rodovias estaduais. No município, o petebista constatou a precariedade do acesso viário a diversas cidades da região. Nas estradas, vários buracos põem em risco a vida de motoristas e passageiros. Em resposta a esse problema, o candidato a governador comprometeu-se em requalificar toda a malha viária de Pernambuco, em especial as PE-82, que liga Timbaúba a Goiana, e 95, no trecho entre Limoeiro e Caruaru.

No município de Timbaúba, Armando enfatizou que o seu governo vai ter um olhar para os hospitais regionais. Ele destacou que é preciso recuperar as estruturas existentes, melhorar o atendimento à população e suprir a carência de centros de exames de imagem e laboratoriais. E em Aliança, o candidato a governador externou que vai levar escolas técnicas para a Mata Norte, de modo a oferecer cursos de qualificação profissional que preparem os jovens para encarar o mercado de trabalho, principalmente após investimentos como os da Fiat, em Goiana.

Convocando a população para avaliar qual o melhor projeto para Pernambuco, Armando sublinhou que os pernambucanos não podem usar o voto como instrumento de homenagear o passado, mas sim na perspectiva de melhorar o futuro. “Tem candidato aí que de dez palavras que ele diz, 11 são o nome de Eduardo Campos”, iniciou. “Não que a gente não deve prestar uma deferência a uma liderança política que nos deixou, mas esse candidato aí tem que andar com as próprias pernas”, acrescentou o petebista.

Armando aproveitou ainda para reiterar o seu alinhamento com o governo e a aliança com a presidente Dilma Rousseff e com o ex-presidente Lula. Armando defendeu o voto na reeleição de Dilma. “A gente não pode arriscar o nosso futuro e perder tempo com uma aposta errada”, concluiu.

Crédito do foto: Alexandre Albuquerque - Divulgação

Postar um comentário

 
Top