‘Há um apagão da inovação em curso no Brasil’, afirma Marina no Rio

‘Há um apagão da inovação em curso no Brasil’, afirma Marina no Rio:





Marina Silva, candidata à Presidência da República pela Coligação Unidos pelo Brasil, e o candidato a vice, Beto Albuquerque, participaram nesta sexta-feira (12) do seminário “Visões de Futuro”, promovido pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).



Diante de uma plateia composta por empresários e empreendedores, Marina ressaltou que, hoje, há um gargalo nos investimentos em inovação no Brasil. “Há um apagão de inovação em curso. Nosso esforço será em aplicar recursos em pesquisa básica e aplicada”, afirmou.



Para Marina, é preciso rever o atual modelo de incentivo à produção de tecnologia e conhecimento no país. “O Brasil insiste nas agendas de transferência de tecnologia. Países como a China e Estados Unidos não utilizam esse sistema e fazem acordos de cooperação científica, de forma que, de igual para igual, produzem tecnologia, conhecimento e inovação, que são internalizadas pelos próprios países”, disse Marina, reforçando que o Brasil vive hoje um momento de decréscimo nos direcionamentos de recursos para a inovação.



Marina defendeu, também, o fim do contingenciamento de recursos, para investir em centros de pesquisas públicos e privados com equilíbrio entre União, Estados e municípios. Reforçou sua disposição de trabalhar por meio de comitês de busca para escalar os melhores quadros técnicos para agências e estatais.



Para a candidata, a falta de planejamento de longo prazo em setores como infraestrutura, energia e telecomunicações vem prejudicando os níveis de investimento nesses setores. “As PPPs (Parcerias público-privadas) e projetos de concessão para a iniciativa privada tiveram uma resistência inicial do governo. Quando se dispôs a fazê-las, estabeleceu taxas de retorno impraticáveis para os investidores e agora temos um colapso na infraestrutura e energia”, ressaltou.



Beto Albuquerque defendeu investimentos em parcerias com a iniciativa privada para alavancar o crescimento do país. “Não há outro caminho para o Brasil alcançar índices de investimentos necessários para continuar incluindo socialmente”, disse.



A palestra na Firjan encerrou uma agenda de dois dias de Marina e Beto na cidade do Rio de Janeiro. Antes, ambos participaram de encontro com o cardeal Dom Orani Tempesta, que aconteceu um mês após a visita de Marina à instituição com Eduardo Campos. “A data foi uma coincidência. Viemos aqui reiterar o já havíamos dito em relação nosso programa e nossa disposição em unir o Brasil em torno de ideias e projetos”, comentou, em breve pronunciamento após o encontro.



The post ‘Há um apagão da inovação em curso no Brasil’, afirma Marina no Rio appeared first on Marina Silva Presidente.



Postagens mais visitadas deste blog

Mensagens para dia da Mulher - 8 de março