​​Em debate, Paulo Câmara detalha ações e projetos para Pernambuco avançar

  
 
Socialista participou de sabatina promovida pela Rádio Liberdade, em Caruaru

Focado na pavimentação de políticas públicas que contribuam para o avanço do desenvolvimento de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB) abriu, nesta quarta-feira (3), a sua participação em debates com postulantes ao Governo apresentando uma série de ações e projetos do seu programa de governo. No evento, organizado pela Rádio Liberdade, de Caruaru, o candidato da Frente Popular também destacou a importância de contar com uma parceria forte com a futura presidente Marina Silva (PSB). A socialista já se comprometeu publicamente a destinar um olhar diferenciado para o povo pernambucano.

Afirmativo, Paulo Câmara pontuou, já no primeiro bloco do debate,compromissos para área da educação. Citou a ampliação da rede de escolas técnicas estaduais, a universalização da escola em tempo integral e o aprimoramento da estrutura da Universidade de Pernambuco (UPE) como exemplos das ações que serão implementadas a partir de 2015. "E vamos duplicar o salário dos professores da nossa rede. Pernambuco é dos cinco únicos Estados que já pagam integralmente o piso nacional da categoria. Vamos avançar, oferecendo uma melhor remuneração", assegurou.

No segundo bloco, Paulo teve a oportunidade de detalhar como pretende transformar uma das ferramentas mais premiadas durante as gestões do ex-governador Eduardo Campos, o Pacto Pela Vida, em um mecanismo mais inclusivo, com destaque para a ação preventiva e participativa da população.

"Vamos ter mais câmeras de videomonitoramento e presença policial nas ruas. Mas vamos reforçar o nosso combate ao crack, com o apoio da presidente Marina Silva, já que hoje as nossas fronteiras estão abertas para entrada das drogas. E teremos um trabalho forte de prevenção, com iniciativas que ajudem a integrar as famílias à sociedade. Termos 20 Compaz com esse objetivo. Um equipamento que ofertará uma série de opções de lazer e cultura para os pernambucanos", apontou Câmara.

Políticas públicas para área da saúde também foram abordadas por Paulo. O socialista lembrou, no terceiro bloco, que constam no seu programa de Governo a construção de seis Unidades de Pronto-atendimento Especialidade (UPAE), quatro novos hospitais, a reforma de outros dois e a implementação de programas como o Remédio em Casa e o Doutor Chegou, que levará mutirões de cirurgias e atendimento médico aos municípios. "Já fizemos muito na saúde, mas sabemos que podemos fazer muito mais. E vamos fazer", garantiu Paulo.

No último bloco do debate, o candidato ao Governo do Estado pela Frente Popular destacou o processo de recuperação da credibilidade do País que será implementado pela futura presidente Marina Silva. "Ela vai retomar a confiança nas nossas instituições, que hoje estão desacreditadas. Marina vai adotar práticas que tornaram a gestão mais eficiente. O Brasil terá um novo modelo de gestão, que é o projetado no programa de governo deixado pelo saudoso ex-governador Eduardo Campos", ressaltou.

Ao final, Paulo classificou a sua "estreia" em debates como positiva. "Foi muito bom. Estamos tendo a oportunidade de nos apresentar a cada vez mais pernambucanos. O debate de hoje proporcionou que a população do Agreste conhecesse um pouco mais de nossas propostas. Foi um momento muito proveitoso", analisou.



​Fotos: Wagner Ramos​

Postagens mais visitadas deste blog

Mensagens para dia da Mulher - 8 de março