Explosão de Caixa Eletrônico em Arara-PB | BomJardimPE.com

0

Bandidos fazem reféns e explodem caixa eletrônico no Agreste da PB

Bandidos fazem reféns e explodem caixa eletrônico no Agreste da PB
 Os ataques a bancos e a caixas eletrônicas não param de aconrtecer na Paraíba, principalmente no interior do Estado. Um caixa eletrônico de um agência bancária foi alvo de explosão na madrugada desta quinta-feira (28) no município de Arara, no Agreste paraibano. De acordo com as informações da Polícia Militar, oito pessoas são responsáveis pelo crime, que deixou a agência destruída. A PM explica que o grupo também teria feito algumas pessoas de refém para invadir o estabelecimento.

O crime aconteceu por volta das 2h30 (horário local). Segundo a PM, oito homens em uma picape Chevrolet Montana prata pararam em frente à agência e seguiram para um bar próximo ao estabelecimento. O grupo rendeu os clientes do bar, que foram tomados como reféns. A polícia explica que as vítimas foram usadas como ‘escudo humano’ dos assaltantes durante a invasão à agência. Os suspeitos arrombaram a agência, implantaram explosivos em um dos caixas e após a explosão, tomaram uma quantia não identificada do caixa e fugiram em seguida.

A PM explica que a explosão destruiu a agência, mas nenhum dos reféns ficou ferido. A polícia realiza buscas na região, mas até as 7h (horário local) desta quinta, ninguém havia sido preso. De acordo com os dados do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários da Paraíba, já é a segunda vez que esta mesma agência é alvo de explosão este ano e o terceiro caso de explosão no municípios em 2013.

A onda de assalto não parou em Arara. Na tarde desta quarta-feira (27/11) por volta das 14h00, dois ladrões em um veículo Celta na cor vermelha, assaltaram a Agência dos Correios de Cubati, seridó paraibano. O valor roubado não foi informado.

Os acusados levaram um revólver taurus calibre “38” (com 12 munições), que pertence ao vigilante. Uma guarnição da Força Tática de Soledade fez diligências, mas não localizou os assaltantes.

Redação com G1

Postar um comentário

 
Top